terça-feira, 24 de janeiro de 2012

             Transtorno do Desejo Sexual Hipoativo Feminino

O Transtorno do desejo sexual hipoativo, ou falta de desejo sexual, é uma disfunção que acomete cerca de 10% das mulheres brasileiras. É caracterizado por uma diminuição ou ausência de desejo, fantasias e disposição para relação sexual. Alterações hormonais, períodos de amamentação, menopausa e dor durante a relação sexual são fatores que podem influenciar o desejo. Contudo, além de causas físicas, o desejo hipoativo é determinado também por aspectos psicológicos como dificuldades e desentendimentos do casal, mitos e tabus sexuais, pouca ou ausência de educação sexual, estresse, depressão, ansiedade, como consequência de abuso sexual, entre outros fatores. É importante considerar que o desejo sexual na mulher não é necessariamente espontâneo: ele pode surgir após estimulação adequada pela parceria e estar presente em situações específicas, o que neste caso não se configura como disfunção e sim como uma dificuldade sexual que pode ser melhorada através da educação do casal. Procurar ajuda nestes casos é fundamental: a visita ao ginecologista para identificar possíveis causas físicas e também ao psicólogo especializado para trabalhar os aspectos psicológicos e relacionais, tendo como objetivo a satisfação nesta área da vida.

 Gabriela P. Daltro
Psicóloga CRP 86668
gabipdaltro@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário