segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Como superar um rompimento amoroso?

A melhor frase que já li sobre o fim de relacionamentos amorosos diz o seguinte: “Há pessoas que vão se separando, até que se separam. E pessoas que se separam, e depois vão se separando”. Todas as pessoas precisam se relacionar. Faz parte da necessidade humana criar laços, vínculos, apegar-se. Entre os tipos de vínculos, o relacionamento amoroso é um tipo de ligação especial entre as pessoas.  Por isso, terminar um relacionamento nunca é fácil. Além da dor aguda da separação, há muita incerteza.  E os laços precisam ser desfeitos aos poucos, um a um. Há pessoas que começam o luto de uma relação antes de seu término definitivo, para quem o fim pode dar uma sensação de alívio. Para outras o fim abrupto fará com que o trabalho de desligamento ainda esteja por acontecer, o que pode ser muito doloroso. Em geral, o fim de uma relação envolve um processo de luto, no qual sentimentos como dor, raiva e negação estarão presentes. Em um primeiro momento, a recomendação é aceitar a dor. Quando os laços se partem, ainda há muito que ser dissolvido e a sensação é de que uma parte da própria pessoa foi embora ou deixou de existir. Portanto, sentir vazio e medo é completamente natural. Depois deste primeiro momento a indicação é abrir-se aos poucos para o mundo, cuidar da cabeça e do corpo o melhor que puder, reforçar os laços afetivos que realmente importam, encontrar novas atividades e se permitir prazeres. Após um tempo é possível considerar o papel que cada pessoa ocupou na relação, rever padrões de comportamento, trabalhar pontos que ficaram em aberto.  Por fim, traçar novos objetivos, reforçar a auto-estima e abrir-se para um novo romance pode ser possível. A recuperação nem sempre é em linha reta, algumas vezes há idas e vindas, passado e futuro misturando-se. Em todas as fases de um rompimento, o Psicólogo é o profissional que pode ajudar a pessoa a se compreender melhor, aceitar as mudanças e preparar-se para uma nova vida.

Gabriela P. Daltro
Psicóloga/Sexóloga CRP 06/86668
gabipdaltro@hotmail.com