terça-feira, 16 de dezembro de 2014


Parabéns ao Jornal e à Coluna!
Dez anos de Jornal Agito e cinco anos da coluna BOM TOM! Cinco anos levando informação acessível e de qualidade toda semana sobre os mais diversos assuntos em Psicologia. Parabéns ao Agito por abrir e manter este espaço de qualidade, voltado para a saúde emocional e qualidade de vida da população.  Um espaço que veio para contribuir com o entendimento sobre comportamento, família, relacionamentos, trabalho, saúde, sexualidade. Vale lembrar que os textos continuam à disposição no site do Jornal e em meu blog pessoal para que o leitor possa retomar os temas e aprender cada vez mais sobre como melhorar a própria vida e de sua comunidade. Estamos também com um espaço dedicado ao tema da Sexualidade, minha área de especialização, na Revista Agita Vale Mar e Serra. Leia, comente, envie suas perguntas por e-mail e vamos continuar por mais cinco, dez e muitos anos a levar informação de qualidade para Ubatuba e região. Um forte abraço para toda a equipe e em especial para Ewaldo e Kakau, idealizadores de tantos projetos.
Gabriela P. Daltro – Psicóloga/Sexóloga CRP 06/86668
site: www.gabrielapsicologa.blogspot.com

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Algumas dicas para um casamento feliz
As relações estáveis trazem muitos desafios. Conviver nem sempre é tarefa fácil. As responsabilidades, a rotina, a mudança de cada um dos parceiros ao longo do tempo e o estresse cotidiano são alguns fatores que interferem na dinâmica do casal. Contudo, ter um casamento feliz é possível. A chave está na comunicação e no comprometimento com o que é importante para o parceiro (a) e para o casal. Ter expectativas reais quanto ao relacionamento, aceitar que o outro não vai mudar a maior parte das caracteríticas é fundamental. Outras atitudes que podem ajudar são relativas a divisão das tarefas da casa, a decisão quanto aos gastos financeiros, a atenção à aparência e ao cuidado pessoal. Aprender a ouvir sem ficar na defensiva e ceder na hora de fazer as pazes também ajuda. Acima de tudo, é importante cultivar a amizade na relação, mas lembrar que casamento não é amizade. Cultivar o desejo de estar com o outro e uma boa vida sexual para ambos é fundamental. Em algumas épocas o enamoramento vai estar presente com maior intensidade e em outras épocas nem tanto. O Importante é aprender a lidar com cada fase da relação sem omitir insatisfações e sem desrespeitar o outro. Afinal, você casou para se feliz não é?


Gabriela P. Daltro
Psicóloga CRP 06/86668
gabipdaltro@hotmail.com

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Início de mês com final de ano: como usar Dezembro a seu favor.
Não adianta negar: Dezembro é diferente. Até que a gente tenta manter o mesmo ritmo, realizara s tarefas diárias, mas é impossível não ser contagiado pelo clima de festas e recessos. Todos os anos, quando o mês de Dezembro começa, sinto uma mudança nos temas trazidos em consultório. A maior parte das pessoas em algum momento costuma fazer uma retrospectiva da própria vida em relação ao ano que vai ficando para trás. Algumas comentam a rapidez com que o tempo passou, deixando claro que gostariam de mais tempo para realizar o que faltou, outras que não vêem a hora do ano acabar. Em geral, há um certo clima de cansaço e de conclusão. Este é um momento propício para reavaliar a vida, prioridades, insatisfações e renovar metas e objetivos para o próximo ano. Pode ser um momento de ansiedade extrema, mas também um terreno fértil para novas realizações. A chegada das festas de fim de ano também costuma gerar conflitos: em geral há um foco maior na vida familiar e nas relações mais próximas, como a vida conjugal. Poucas pessoas ousam começar uma nova atividade neste mês: preferem o frescor das novidades de Janeiro. Afinal, as datas marcam ciclos, tempos que vão e vem. É importante saber aproveitar estes momentos para refletir, tomar fôlego, planejar e, por que não, também recomeçar de uma maneira diferente. Use Dezembro a seu favor: respire fundo, encerre de vez o que passou e planeje com os pés no chão. No mais, é aproveitar a confusão e relaxar!

Gabriela P. Daltro
Psicóloga CRP 86668