terça-feira, 8 de janeiro de 2013


O que fazer quando seu filho bate em você

Uma das dúvidas mais comuns dos pais é sobre como agir quando o filho pequeno é agressivo ou bate. É importante que os pais compreendam que todas as crianças vão experimentar bater, empurrar, morder, etc em algum momento e que isto pode se dar por diversas causas. Cada criança possui uma estratégia para se defender ou ir atrás do que deseja: algumas reagem na hora, outras choram, algumas gritam, etc. O importante não é o “porquê”, mas sim as consequências que se seguem ao ato da criança. Portanto, toda vez que seu filho bater em você coloque o limite imediatamente. Fique sério, demonstre com sua expressão que não gostou, diga a ele que isto é inaceitável e que você não vai admitir este tipo de comportamento. Se a criança estiver no colo, coloque-a no chão, ou berço. Muitas vezes a criança vai chorar, você não deve pega-la no colo enquanto ela estiver chorando, pois ela aprenderá que basta fazer um pouco de birra que a agressão será desculpada. Não precisa ficar de cara feia por dois dias, mas também não por dois minutos, aja com bom senso. Se você perceber que a criança vai bater não espere por ela: segure seus braços sem machucar e repita o procedimento. É importante não variar a tolerância á agressão da criança conforme seu humor; esteja você com mais ou menos paciência é fundamental não aceitar o comportamento agressivo. Aja com naturalidade, corrigindo e informando a criança, sem dramas. Para a maior parte dos comportamentos agressivos esta técnica promove bons resultados. Para dúvidas ou situações que você não consegue lidar no momento, procure a ajuda especializada de um psicólogo.

Gabriela P. Daltro

Psicóloga CRP 86668

gabipdaltro@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário