quarta-feira, 30 de janeiro de 2013


Sexualidade é saúde

Disfunção Sexual é a dificuldade ou incapacidade de participar do relacionamento sexual com satisfação. Tanto as disfunções masculinas quanto femininas se dão pela falta, excesso, desconforto ou dor na expressão do ciclo de resposta sexual. O ciclo de resposta sexual é o processo pelo qual o desejo e a excitação sexual se dão até atingirem o clímax ou orgasmo. Quando há uma falha em alguma parte deste processo, entendemos que existe uma disfunção sexual que pode afetar tanto o desejo (vontade) quanto a expressão sexual (lubrificação, ereção, orgasmo). Os ciclos são diferentes para o homem e para a mulher. Os homens costumam apresentar queixa mais frequente quanto a um tipo de resposta (falta de ereção ou descontrole da ejaculação), enquanto as mulheres se referem mais ao desejo sexual e a qualidade subjetiva (satisfação emocional) da experiência sexual. Os prejuízos emocionais das disfunções sexuais são grandes: elas afetam a produtividade, auto-estima, relacionamento conjugal e social e podem originar quadros de depressão, ansiedade, entre outros. As causas das disfunções podem ser tanto físicas quanto psicológicas e em 70% dos casos a psicoterapia sexual é indicada. Qualidade de vida também é qualidade da saúde sexual. Disfunção sexual tem tratamento: procure seu médico urologista, ginecologista ou psicólogo especializado e informe-se.

Gabriela P. Daltro

Psicóloga CRP 86668

Nenhum comentário:

Postar um comentário