quarta-feira, 23 de setembro de 2009

O jovem e a escolha profissional


Escolher uma profissão é um dos momentos críticos na vida de um indivíduo, pois necessariamente é um momento de conflito. Escolher um trabalho é parte integrante na determinação de quem uma pessoa é, Isto porque é no trabalho que se passa a maior parte do tempo e é dele que depende o sustento em nossa sociedade. Assim, escolher não é tarefa fácil. Há inúmeros fatores que determinam as escolhas pessoais, como por exemplo: o mercado de trabalho, a remuneração esperada, as habilidades necessárias para exercer a função, os custos da formação, as influências e expectativas da família, dos amigos e dos meios de comunicação. Assim, percebe-se que escolher é, ao mesmo tempo uma decisão individual e uma determinação social. Quanto mais o jovem compreende as determinações sociais em seu processo de escolha, mais autonomia tem para decidir. Além disso, o processo de decisão envolve uma determinação existencial: o jovem precisa definir quem é e quem deseja ser, como gostaria de ser no futuro. E escolher é perder: perder outras oportunidades e modos de ser. Por todos estes fatores a escolha da profissão é um momento difícil tanto quanto é necessário. Pesquisar sobre a futura profissão, ou mesmo experimentá-la de alguma forma, refletir sobre suas necessidades e desejos e sobre a pessoa que deseja ser são atitudes que podem ajudar a definir uma escolha.

Gabriela P. Daltro
Psicóloga CRP 06/86668
gabipdaltro@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário